Lido: “K.: Relato de Uma Busca”, de Bernardo Kucinski

Bernardo-K

Fazia um tempinho, nem sei quanto, que um livro não me despertava essa vontade de ler, ler, ler sem parar, querendo ver logo o final. Ler “K.” foi como ler algo que ia me consumindo junto, eu absorvendo toda a história contada pelo autor, não querendo deixar escapar qualquer detalhe.

Continue lendo

Lido: “Borges e os orangotangos eternos”, de Luis Fernando Verissimo

foto-borgesMais um livro bacana da coleção Literatura ou Morte ótimo para distrair a cabeça, hehe.

Em um congresso sobre Edgar Allan Poe na Argentina, um crime acontece e o escritor Borges é um dos que acaba envolvido na tentativa de elucidá-lo. Essa é a base para o desenvolvimento da história do livro.

Continue lendo

Lido: “Linhagem Montessales: Retratos da Inquisição”, Susy Ramone (org.)

3c8d7-09nEssa não foi uma leitura fácil. Não gosto muito do tema, devo confessar. Li porque a própria autora me enviou e me deixou curiosa para conferir que tal linhagem era essa.

Uma história perturbadora!

Comecei a ler há uns dois meses. E fiquei tão admirada com a história que logo de início se foram dezenas de páginas. Com isso, me senti sufocada, e optei por deixá-lo de lado um pouco e ler outras coisas, retornando a ele agora, aproveitando-o para o Desafio Skoob de junho, conforme disse no post sobre a leitura do livro do Laub.

Continue lendo

Lido: “A Maçã Envenenada”, de Michel Laub

DSCF4844Ganhei esse livro em um sorteio entre os resenhistas do Desafio Literário Skoob 2014.  Embora muito curiosa para lê-lo, deixei para fazer isso nesse mês de junho, quando o tema é “livros escritos por autores nacionais”.

Peguei para ler na noite de sexta-feira. O começo, inesperado, fez com que eu me perguntasse: “quero mesmo ler esse livro?” Ainda bem que insisti.

:)

Continue lendo

Lido: “Isaac Newton e sua maçã”, de Kjartan Poskitt

isaac-capa

O tema do mês de maio no desafio do Skoob era biografia, um tema que eu pouco leio. O que eu tinha aqui não me animava muito a ler, eram temas pesados ou que não me interessavam no momento. Fui garimpar a biblioteca da escola e achei este: “Isaac Newton e sua maçã”, escrito por Kjartan Poskitt e com ilustrações de Philip Reeve (o autor da série “Mortal Enginees”). Tudo o que eu precisava para ler me divertindo!

Continue lendo